Pequenos comércios: 5 erros que um administrador não pode cometer dentro da empresa

Com a pandemia, muitas pessoas optaram por terem pequenos comércios, mas infelizmente cometem erros simples. Vamos te ajudar a não os cometer novamente.

erros-administrativos-pequenos-comércios

Seja em um pequeno, médio ou grande negócio, é normal cometer alguns erros. Isso ocorre porque não temos noção do que fazer e, no começo, nos sentimos perdidos.

Apesar de ser super normal estar perdido, é bom se preparar para não cometer esses erros. Vamos listar alguns principais erros que os pequenos ou médios negócios, independente do tamanho, cometem na administração.

E após mostrar esses erros que pequenos comércios cometem, vamos te ajudar caso esteja em dúvida de qual negócio abrir. Separamos algumas ideias no final, espero que curta.

Principais erros dos pequenos negócios:

1 – Não fazer um planejamento:

Não tem para onde correr, quase tudo na nossa vida exige um planejamento, no seu negócio principalmente. 

Existe uma frase que é bastante usada no empreendedorismo que é: “Para quem não sabe aonde vai, qualquer caminho serve”, essa frase é do livro Alice no País das Maravilhas.

A primeira pergunta que você deve fazer para si mesmo é: “Qual é o meu maior objetivo?”. 

Depois que responder essa pergunta, pode começar a montagem do seu planejamento.

O planejamento, tanto para os pequenos negócios, quanto para os médios e grandes, aparece em primeiro lugar, não por acaso, mas sim porque é extremamente importante e é por onde deve começar quando se abre um negócio ou até mesmo na sua vida cotidiana.

Na faculdade, é preciso ter um planejamento para estudar e entregar trabalho, porque senão, você não conseguirá fazer tudo com pressa, entregar e ainda tirar uma boa nota. 

Isso serve para a empresa também, então, faça seu planejamento antes de tudo.

Entenda melhor sobre Plano de Negócios, e descubra qual é a melhor estratégia para o seu tipo de negócio.

2 – Não ter uma gestão:

Quando abrimos um negócio, temos aquela ideia de que a pessoa que é responsável pela gestão sabe o que fazer e acabou, não, essa ideia é totalmente errada, o dono precisa ver se todos estão executando suas funções corretamente.

Lembra do planejamento? 

Coloque no seu planejamento um dia para verificar os setores, coloque quantas verificações quiser, mas, fique por perto observando, a empresa é sua, não a deixe largada.

Sempre fique de olho nos funcionários, para também manter a organização.

3 – Não manter o foco nos recursos financeiros:

Esse erro ocorre normalmente pelos pequenos comércios que o cometem com mais frequência, pois misturam o dinheiro para vários departamentos. 

É importante ter uma quantidade para cada setor e nunca misturar o seu dinheiro com o do seu negócio. 

Nessa hora é bom contar com a ajuda de um contador para auxiliá-lo.

Sabe quando você gasta o dinheiro da empresa com algo pessoal? 

O erro já está aí, porque o dinheiro da empresa serve para resolver os assuntos da mesma. Imagina se você gastar o dinheiro que usaria para pagar seus funcionários! 

Nessa realidade hipotética, você teria que dar um jeito de agir corretamente com eles, então separe essas coisas.

4 – Erros na hora de definir os preços:

Essa parte é importante para não ser injusto com o cliente e nem com você, porque não é justo você colocar um preço absurdo para o seu cliente e também é injusto você colocar um preço super barato que não vai te trazer lucro nenhum.

Pense que você colocou um preço muito barato para o cliente, vendeu tudo e na hora de ver os lucros, ficou no prejuízo e para comprar as coisas que precisa, terá que repor de outra forma. 

Então, vale a pena precificar com cuidado, se precisar ajustar, ajuste. 

Imagine que você vendeu algo por um bom preço e a pessoa volta para comprar novamente e não tem mais o produto porque você não teve dinheiro para repor.

Por isso, pense nos dois lados, para o cliente voltar a comprar com você e ainda obter lucro e repor as coisas do seu negócio.

5 – Ignorar os pequenos gastos de pequenos negócios:

É o erro mais comum. 

Você pode até achar bobagem se importar com os pequenos gastos, mas quando você faz as contas para calcular o quanto gasta de transporte no mês, você está vendo os pequenos gastos.

Na sua empresa não pode ser diferente, faça as contas de certos gastos, veja se é útil, se vale a pena manter, reduzir ou cortar de vez mesmo.

Claro que se você não estiver mais usando, por exemplo, o telefone, você não vai deixar de tê-lo só porque pensa que é algo inútil e que é um gasto desnecessário. 

Não é preciso agir drasticamente também.

Por isso, antes de descartar um gasto, pense bastante e analise muito, pois você pode se arrepender depois e aí não terá como retroceder.

Esses são os principais erros que pequenos comércios cometem. 

Depois de descobrir quais erros deve evitar, que tal você ter ideias para criar um pequeno comércio online ou em casa mesmo? 

Continue lendo que vamos te ajudar!

Ideias de pequenos comércios para abrir em casa ou online

erro-na-tela-do-computador pequenos comércios

Até mesmo antes da pandemia, estava difícil a questão de emprego e dinheiro, mas nesse período que estamos enfrentando agora, algumas pessoas buscaram ideias para fazer uma renda extra.

Juntamos algumas ideias para você tentar fazer uma renda extra e caso você goste, até seguir depois da pandemia.

  • Produção de conteúdo: 

É exatamente isso que estou fazendo. 

A internet está cheia de oportunidade para fazer textos curtos ou longos de vários temas, pode ser através de plataformas de freelancer.

Mas seria interessante você ter uma certa formação, pode ser até os cursos online disponíveis. 

Se você tiver uma formação, a pessoa que contratar o seu serviço terá mais segurança de que você sabe o que está fazendo.

Não precisa ser necessariamente produção de textos, se você tiver algum conhecimento sobre vídeo, como elaborar jogos e sites, pode trabalhar com isso. 

São outras opções para você, faça aquilo que você tenha confiança e conhecimento, e nunca esqueça da qualidade.

  • Vender comidas: 

É o mais comum de todos, acredito que seja um dos mais acessíveis, você pode optar por vender doces, salgados e etc.  

Quando escolher o que vai vender, já pode ir pensando em como será a embalagem, pode ser em marmitex ou em outra. 

Defina se será em um lugar fixo ou se oferecerá entrega: você precisa pensar em tudo isso.

Se você optar pela venda na internet, tente divulgar bastante e fazer sob encomenda, o que gera bastante lucro. 

E se você quiser se destacar, faça algumas comidas para pessoas específicas, como vegetarianos, veganos, intolerantes à lactose, etc.

  • Presentes feitos em casa: 

Se você gosta de artesanato, ou algo relacionado, é uma boa opção para tentar conseguir uma grana extra. 

De início, para gastar menos, comece fazendo lembrancinhas, presentes, brindes, tudo aos poucos e veja o que mais interessa seus clientes.

Quando conseguir uma renda, compre uma máquina para fazer camisetas com estampas e vá melhorando seu negócio de artesanato para melhor.

Lembre-se de tirar boas fotos dos seus produtos e postar nas redes sociais, para divulgar e chegar a pessoas de todos os lugares. 

As redes sociais são uma ótima forma de crescer o seu negócio.

Talvez você até receba encomendas pela internet, com isso, poderá definir um prazo de entrega, o que também pode ser feito através da internet.

  • Cuidador de cachorros: 

Para os amantes de cachorros, essa é a ideia perfeita, mas isso serve para alguém que tenha espaço para receber os cachorros em casa, ou seja, que tenha um lugar para eles se divertirem e brincarem. 

E que você tenha um planejamento da rotina, na verdade, em tudo.

  • Professor particular: 

Nessa ideia, o recomendável é você ter uma formação, com isso, poderá dar aulas particulares do que você ama e ainda ter uma renda extra. 

Você pode fazer isso totalmente online por skype, hangouts, etc. Anuncie suas aulas em todos os meios, agende-as e vá em frente.

  • Revisão de texto: 

Voltando para os textos, essa é outra coisa que é boa para ganhar uma grana, entretanto, novamente seria bom você ter um curso sobre isso, até para incrementar o seu currículo. 

Existe a opção de trabalhar com a tradução dos textos, mas dependendo do idioma, também é necessária uma formação. 

A maioria das coisas requer conhecimento, foque nisso bastante.

  • Venda de e-book:

Os conteúdos para internet estão sendo um dos nichos mais lucrativos. 

Da mesma forma que para produzir os outros conteúdos é preciso uma formação, aqui não seria diferente.

Para você aprender a escrever um e-book corretamente e diagramar tudo certo, é bom um curso, para poder vender algo de qualidade.

Conclusão

Nossa intenção neste artigo é mostrar os erros que os pequenos comércios cometem, e ainda, te dar ideias de qual pequeno negócio começar.

Queremos mostrar que, para um negócio ser lucrativo, não precisa começar com um grande investimento, você pode começar gradativamente.  

Obviamente que com esse momento que estamos vivendo, está sendo bem difícil, porque a maioria está trabalhando em home-office ou se encontra desempregada.

Essas ideias são boas para conseguir uma grana extra e ajudar nas despesas em casa, e ainda se o seu negócio crescer, será uma renda fixa, para você administrar sem cometer os erros que citamos.

Explore de uma forma mais ampla, “O que pode acabar com a saúde financeira de uma empresa”. Nossas dicas vão lhe ajudar a dar aquele UP que seu negócio precisa!

Esperamos que você tenha entendido tudo e gostado bastante do nosso artigo, qualquer dúvida, deixe nos comentários ou entre em contato conosco. 

Dê uma conferida em outros artigos que temos.

Até o próximo artigo!

Compartilhe:

Deixe um comentário